[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Informações Técnicas Pub

Pub

Observâncias fundamentais para um Rancho Folclórico
que se propõe representar a sua região com base
nos usos e costumes do princípio do século 20
(2) (*)
 
 

(por Augusto Gomes dos Santos - Presidente da FFP)

 
Homens

» Quando vestem os trajos não devem usar relógios de pulso.

» Não devem trazer no fato medalhas, emblemas, placas e outros objectos comemorativos de actuações no país ou no estrangeiro.

» Não devem usar camisas ou qualquer outro vestuário de pano tecido com fibras modernas.

» Os colarinhos das camisas devem obedecer aos padrões da época que as restantes peças do vestuário representam.

» Não devem usar calçado de modelos actuais.

» Não devem usar cabelos compridos

» Não devem exibir lenços tabaqueiros, soareiros ou rapeleiros postos à cinta ou ao pescoço, passados a ferro e dobrados da mesma forma para todos os componentes.

» Não devem usar faixas com cores e modelos que nada têm a ver com os trajos da região que se propõem representar publicamente.

» Não devem usar chapéus que nunca foram usados na região a que pertence o Rancho.

 

Conjuntos

» As mulheres não devem vestir fatos iguais, tipo cortejo de oferendas.

» Os homens não devem vestir fatos iguais, tipo colégio.

» Não devem usar trajos burgueses, como acontece com muitos ranchos, que nada têm de regional.

 
Tocatas
» Os ranchos folclóricos devem usar o mesmo tipo de instrumentos populares usados na época e região que representam.
 

Danças e Cantares

» Não devem exibir danças e cantares que não tenham sido usados espontaneamente pelos antepassados da micro-região, sub-região ou região que representam.

» Não devem usar marchinhas, que nada têm de espontâneo do nosso povo, e não devem bater os pés no fim de qualquer dança, assinalando que a mesma terminou.


<<<Página anterior
 

(*) Logo após a fundação da Federação do Folclore Português, e durante alguns anos, os Grupos de Folclore/Ranchos Folclóricos que pretendiam ser membros da mesma recebiam um documento com o texto acima transcrito e da autoria de Augusto Gomes dos Santos, então Presidente da FFP.
Dado que, infelizmente, ainda há muitos Grupos de Folclore/Ranchos Folclóricos que continuam a não "saber comportar-se", aqui deixamos as informações técnicas básica para um início de actividade minimamente correcta e adequada.
 
  Gosta da página? Partilhe!
Também poderá gostar de ler...
»» Acerca das tradições que constituem o “Folk-lore”...
»» Os "sítios" dos Grupos de Folclore na Internet - uma experiência
Albino Dias
»» Como era usado o lenço tabaqueiro?
Carlos Gomes
»» Grupos e Ranchos Folclóricos: o que representam, como se organizam e como se relacionam com outras áreas da Cultura Popular
Manuel Palhoco
»» Manual de Boas Práticas para os Agrupamentos de Folclore - Propostas
Sérgio Fonseca

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster